Tenho uma ideia… e agora?!

Os clichés dizem-nos que não existem más ideias. Mas será que todas as ideias que temos poderão resultar em negócios viáveis? Este artigo vai explorar a forma como podemos desenvolver ou concretizar uma ideia de negócio.

A maioria das pessoas pensa que uma ideia inovadora é tudo. Mas, por vezes, esquecemo-nos de que essa ideia tem de ser colocada em prática e que, essa passagem, não é fácil. Há muitos fatores que podem contribuir para que uma ideia não saia do papel ou falhe na sua concretização: falta de competências da equipa, falta de planeamento ou de dinheiro. Então, como podemos transformar uma ideia num negócio viável e de sucesso?

Não existe uma receita para transformar ideias em negócios de sucesso. No entanto, existem algumas dicas ou estratégias que podem ajudar e que vamos expor, de forma muito breve, neste artigo:

  • Trabalhar a ideia

Mesmo que a ideia seja inovadora, se não colmatar alguma necessidade no mercado, não será vendável. Assim, a sua ideia deve estar intimamente relacionada com a resolução de um problema ou satisfação de uma necessidade. Quanto maior for a necessidade, mais vai vender.  

  • Analisar o mercado:

A análise de mercado é essencial para estudar os potenciais clientes e concorrentes. A análise da concorrência permitirá oferecer um produto/serviço de valor acrescentado, que o fará destacar-se dos demais. Por outro lado, deve tentar perceber qual é o seu público-alvo: identificar as suas necessidades, verificar se e quanto estão dispostos a pagar pela solução proposta e como comunicar com ele.

  • Plano e viabilidade do negócio

Depois de trabalhar a sua ideia e fazer algumas pesquisas sobre o mercado, é necessário transpor as ideias para o papel, operacionalizando-as. Para este passo deve perguntar: “como vou pôr esta ideia em prática?”. O desenvolvimento e concretização da ideia passa por um plano de desenvolvimento e viabilidade económica do negócio que contém informação detalhada do mercado (aprofundamento do ponto anterior), estimativa dos custos e receitas, recursos humanos necessários, estratégia de marketing e comunicação e financiamento. 

Este último ponto – o investimento – é uma parte crítica de todo o processo. Afinal, como se pode financiar um projeto? Além do financiamento próprio, existem outras formas de captar investimento para um projeto, nomeadamente: recorrer a familiares e amigos, bancos, capital de risco, crowdfoundingbusiness angels, incubadoras, programas europeus e/ou comunitários de financiamento, entre outras soluções.

Se conseguir, pode sempre testar a sua ideia, para verificar se será ou não viável.

Para facilitar o processo pode sempre recorrer ao Gabinete de Apoio da AMH Consulting que oferece a primeira consulta à viabilidade da sua ideia. A nossa equipa de consultores ajuda-o a concretizar a sua ideia e a transformá-la num negócio sustentável.

Partilhar Artigo

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Subscreva a nossa newsletter

Quer ficar a par das novidades e receber os nossos conteúdos no seu e-mail? então preencha este formulário para subscrever a nossa newsletter

Top