Como criar bons hábitos de estudo?

A ideia de que estudar bem é estudar muito e de que todos os bons alunos estão sempre a estudar está bem enraizada. Será mesmo verdade? Ou será que o segredo está na organização e nos métodos de estudo? Este artigo vai debruçar-se sobre algumas estratégias que podemos utilizar para aumentar o rendimento escolar.

Todos sabemos que a gestão do tempo não é fácil. Tentamos ter tempo para fazer tudo e acabamos por chegar ao final do dia com a sensação de que deixámos imensas coisas por fazer. 

Assim, devemos cultivar nas crianças e adolescentes, uma boa gestão do tempo, incentivando a organização e adoção de métodos de estudo eficazes.

Embora cada pessoa tenha de encontrar o seu método ideal de estudo, neste artigo, vamos enumerar algumas estratégias que podem ser utilizadas pelos estudantes para aumentarem o seu rendimento escolar.

  1. Ter uma boa condição física: para que o nosso cérebro funcione bem, é essencial ter uma alimentação equilibrada, praticar exercício físico e dormir bem. É também importante que a criança seja acompanhada por um médico para fazer verificações regulares da sua saúde. Um corpo saudável, mantém uma mente saudável;

  2. Ter um local de estudo/trabalho adequado: o local deve ser confortável, tranquilo, prático, bem iluminado, estimulante para o trabalho e com acesso aos materiais necessários; não deverá ter associações a atividades como dormir (quarto) ou outras que causem perda de concentração (TV, brinquedos, consolas, entre outros);

  3. Planificar o estudo: 
    • Ter uma agenda na qual se apontam as datas dos testes e trabalhos, e também os trabalhos de casa e outras informações importantes;
    • Estabelecer objetivos realistas – devemos saber o que queremos e podemos alcançar;
    • Estabelecer um plano semanal de atividades tendo em conta os testes e trabalhos; incluir horas/dias de lazer e descanso; afixar este plano no local de estudo; 

  4. Encontrar a melhor técnica de estudo: existem várias técnicas que podem ser utilizadas para aprender melhor. O aluno deverá escolher aquela(s) que resulta(m) melhor para si:
    • Ler ativamente: para compreender a informação é preciso ler o texto quantas vezes forem necessárias até o compreender suficientemente bem para o poder explicar/resumir a outra pessoa;
    • Sublinhar: utilizar cores diferentes para realçar as partes mais importantes do texto;
    • Fazer apontamentos quer daquilo que se lê, quer daquilo que se ouve nas aulas;
    • Fazer esquemas da matéria (relações, associações, causalidades, etc.);
    • Fazer resumos da matéria;
    • Memorizar e não decorar, ou seja, compreender a matéria para que ela fique retida na memória.

Por fim, deixamos alguns conselhos para os pais: ajudem os vossos filhos a seguir uma rotina; tentem proporcionar um ambiente seguro e alegre; tenham uma participação ativa na vida escolar; incentivem o diálogo e o estabelecimento de regras; evitem críticas destrutivas e pressão. 

E lembrem-se de reservar tempo para o convívio com os vossos filhos, porque o estudo não pode ocupar todo o vosso tempo em conjunto!

Partilhar Artigo

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Subscreva a nossa newsletter

Quer ficar a par das novidades e receber os nossos conteúdos no seu e-mail? então preencha este formulário para subscrever a nossa newsletter

Top